• Português (Portugal)
  • English
  • french
  • Spanish - Formal Neutro
Historial

fundadores.jpg O Restaurante Fialho começou por ser uma tasca, fundada por Manuel Fialho em 1948, com a colaboração dos seus filhos Amor, Gabriel e Manuel. Os actuais donos, Gabriel, que tem a seu cargo a cozinha, e Amor, responsável pelas Relações Públicas, continuam a obra de seu pai.

 

 No início dos anos 50 começou a servir petiscos e alguns pratos da comida tradicional alentejana , de confecção simples mas cuidada e dispondo de uma já razoável lista de vinhos.15 Sala Entrada Geral [640x480].jpg

Na década de 60 passou a ser “Casa de Pasto”, servindo numa base mensal alguns comensais, funcionários públicos e administrativos deslocados em Évora, sendo dessa fase o período do frango caseiro de churrasco, ao tempo famoso. Foi também na década de 60 que foram introduzidas obras de remodelação e ampliação que conferiram parte da actual traça do Restaurante. Esta remodelação (1965) ficou a cargo do Exmo Sr. Arquitecto Ruy Couto e ao construtor civil eborense, Romeu Mendes.

  21 Sala vista Janela [640x480].jpg

  Na década de 70, o “ Fialho” esmerou-se no empenho de alargar e melhorar a qualidade da oferta, através da recolha de pratos tradicionais da região, alguns praticamente desaparecidos como a “Favada Real de Caça”, servida pelo rei D. Carlos aos seus convidados depois das caçadas, a “Sopa de Beldroegas”, “Migas Gata”, “Poejada de Bacalhau” e outros manjares alentejanos.

 

  25 Sala Principal [640x480].jpg

A década de 80 marcou uma nova fase de grande prestígio na vida do restaurante com honrosas presenças no exterior, tendo sido reconhecido por essa altura o trabalho feito em prol da defesa e conservação da Cozinha Regional Alentejana.